6.8 Comportamento e regras

O comportamento das crianças

- O papel do voluntário é criar apetência pela leitura e não discipliná-la.

- Se a criança não adere e não participa podem fazer perguntas para espicaçar a curiosidade pela história, ou escolher outro livro para ver se lhe interessa mais.

- Quando os problemas se mantêm o melhor é pedir a ajuda do professor.

- Mesmo quando o comportamento da criança não é agradável, a atitude do voluntário não deve mudar, pois as crianças apercebem-se dos sentimentos negativos e torna-se difícil prosseguir.

- É importante que o voluntário se esforce sempre por ser positivo e que elogie os esforços e sucessos da criança.


Algumas regras

O que se deve fazer

Ter verdadeiro prazer na leitura.

- Ler livros variados de diferentes dimensões: histórias, peças, poemas, biografias, livros científicos.

- Ler livros acessíveis ao público, mas estimulantes.

- Ser expressivo, mas sem exagerar.

- Se as crianças não estiverem a gostar, parar de ler um livro e escolher outro.

- Encorajar as crianças a participar, mantendo a disciplina, se necessário com a ajuda do professor.

- Mostrar artigos, imagens ou outros livros relacionados com o que está a ler.

 

O que se deve evitar

- Ler livros de que não se gosta.

- Ler de forma monótona e a olhar sempre para o livro, ou de forma excessiva.

- Exagerar com o intuito de dar ênfase.

- Sentir-se obrigado a acabar um livro de que as crianças não estão a gostar.

- Permitir que uma criança impeça as outras de ouvir.

- Escolher sempre os livros em função do trabalho escolar.

- Faltar às sessões de leitura sem avisar o professor.